Reporting the underreported threat of nuclear weapens and efforts by those striving for a nuclear free world.

A project of The Non-Profit International Press Syndicate Group with IDN as flagship agency in partnership with Soka Gakkai International in consultative
status 
with ECOSOC.

 

The United States and Russia: Warmongers and Peacemakers - Portuguese

Estados Unidos e Rússia: belicistas e pacificadores

Por Somar Wijayadasa*

NOVA YORK (IDN) – Poucos dias após a entrada em vigor, em 22 de janeiro de 2021, do Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares (TPNW, na sigla em inglês), que veta explícita e inequivocamente o uso de armas nucleares – uma vitória memorável para a humanidade – Estados Unidos e Rússia prorrogaram até 2026, a dois dias de expirar, o Tratado de Redução de Armas Estratégicas (New START).

A New Handbook on Parliamentary Action for Disarmament - Portuguese

Um Novo Manual de Ação Parlamentar para o Desarmamento

Por Jamshed Baruah

GENEBRA (IDN) - Quase um ano e meio depois de o secretário-geral da ONU, António Guterres, ter lançado Assegurar o Nosso Futuro Comum: Uma Agenda para o Desarmamento em maio de 2018, um novo manual para apoiar o desarmamento para a segurança e o desenvolvimento sustentável foi lançado. A sua abordagem e foco baseiam-se principalmente na Agenda.

Eminent Persons Warn Against Any Demonstration Nuclear Test Explosion- Portuguese

Personalidades Eminentes Alertam Contra Qualquer Explosão de Demonstração de Testes Nucleares

De Reinhard Jacobsen

Mais de 300 instalações certificadas do Sistema de Monitorização (IMS) das 337 que a CTBTO planeou já estão em funcionamento. Crédito: CTBTO.

VIENA (IDN) – Membros do Grupo de Personalidades Eminentes (GEM) da CTBTO expressaram "uma profunda preocupação sobre os credíveis relatos da imprensa" de que os altos dirigentes dos EUA discutiram a possibilidade de realizar "uma explosão de demonstração de teste nuclear".

U.S. Abrogation of Iran Deal Leaves a Puzzling Legacy - Portuguese

A Ansiedade Emerge para a 10º Conferência de Revisão do TNP no Ano que Vem

Ponto de vista de Sergio Duarte

O autor é presidente da Pugwash. Ex-alto representante da ONU para assuntos de desarmamento.

NOVA IORQUE (IDN) — O início contencioso da 74º Sessão do Primeiro Comitê da Assembleia Geral em outubro passado, em Nova Iorque, foi um prenúncio das dificuldades que serão enfrentadas na preparação para a Conferência de Revisão do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares de 2020 e para os órgãos multilaterais da ONU dedicados ao desarmamento.

Youth to The Front for Prohibition of Nuclear Weapons - Portuguese

Jovens À Frente Pela Proibição das Armas Nucleares

Por J Nastranis

Photo: The second training on Conflict Prevention through Arms Control, Disarmament and Non-proliferation jointly organized by UNODA and the OSCE in May 2019 at Vienna International Centre. Credit: UNODA, Vienna Office.

NOVA IORQUE (IDN) – António Guterres, Secretário-Geral da ONU, na sua Agenda para o Desarmamento a 24 de maio de 2018, sublinhou a necessidade de estabelecer uma plataforma para a participação dos jovens. Isto incluiria “um grupo de jovens de todo o mundo,” que trabalhará assiduamente para promover o desarmamento, a não-proliferação e o controlo de armas nas suas comunidades.

Anxiety Looms Over the 10th NPT Review Conference Next Year

A Ansiedade Emerge para a 10º Conferência de Revisão do TNP no Ano que Vem

Ponto de vista de Sergio Duarte

O autor é presidente da Pugwash. Ex-alto representante da ONU para assuntos de desarmamento.

CC BY-SA 3.0

NOVA IORQUE (IDN) — O início contencioso da 74º Sessão do Primeiro Comitê da Assembleia Geral em outubro passado, em Nova Iorque, foi um prenúncio das dificuldades que serão enfrentadas na preparação para a Conferência de Revisão do Tratado de Não Proliferação de Armas Nucleares de 2020 e para os órgãos multilaterais da ONU dedicados ao desarmamento.

From Tlatelolco to the UN Nuclear Weapon Ban Treaty - Portuguese

De Tlatelolco ao Tratado de Proibição de Armas Nucleares da ONU

Ponto de vista de Jorge Alberto López Lechuga

Jorge Alberto López Lechuga é Oficial de Pesquisa e Comunicação da Agência de Proibição de Armas Nucleares na América Latina e Caribe (OPANAL). Os pontos de vista expressados neste artigo não necessariamente refletem os da OPANAL e seus Estados Membros. Editor

MÉXICO (IDN) – Em 2 de fevereiro, o Governo dos EUA publicou a Revisão de Postura Nuclear 2018 (NPR), que inclui a estratégia de aumentar o papel de armas nucleares na segurança nacional. A NPR considera a necessidade de dobrar o orçamento militar de 3% para 6,4% para modernizar o arsenal americano. Isso significaria um investimento de 1 trilhão de dólares americanos nos próximos 30 anos. Também afirma que expandir "as opções nucleares flexíveis dos EUA agora, para incluir opções de baixo rendimento, é importante para a preservação de deterrência crível contra regressão regional", uma estratégia que criará um "limiar nuclear".

Kick Off To A Nuclear Race Threatening Doomsday - Portuguese

Largada da Corrida Nuclear Ameaça o Apocalipse

Ponto de vista de Sergio Duarte

O escritor é o presidente das Conferências Pugwash sobre Ciências e Negócios Mundiais, vencedoras do Prêmio Nobel da Paz de 1995, e ex-embaixador do Brasil que serviu em missões diplomáticas importantes.

NOVA YORK (IDN) – Como se fosse coincidência, quase simultaneamente o mundo soube do Relógio do Apocalipse chegando próximo à meia-noite e do lançamento da Revisão sobre Postura Nuclear 2018 (NPR) pelo governo dos Estados Unidos.

Exigências da NATO Provocam Dores de Cabeça na Islândia

Por Lowana Veal

Foto: Poseidon P-8A Marinha dos EUA em Keflavík. 8 de novembro de 2017. Crédito: b737.org.uk

REYKJAVÍK (IDN) – Em fevereiro de 2016, o governo dos EUA iniciou discussões com o seu homólogo islandês sobre a possibilidade de levar a cabo as mudanças necessárias para as portas do hangar da NATO no aeroporto de Keflavík para que os mais recentes e maiores aviões de reconhecimento de submarinos pudessem ser alojados lá. O assunto foi eventualmente concluído em dezembro de 2017, quando o governo dos EUA concordou no financiamento.

O Cazaquistão Junta-se ao Observatório Nuclear da ONU em um Passo Histórico para a Não Proliferação

Por Ramesh Jaura

Foto: O diretor-geral da IAEA Yukiya Amano (à esquerda) com o presidente do Cazaquistão Nursultan Nazarbayev com a chave simbólica do Banco de LEU da IAEA. Crédito: Site Oficial do Presidente da República do Cazaquistão.

ASTANA (IDN) — Enquanto um momento de silêncio foi feito em 29 de agosto às 11h05, hora local na cidade de Astana, capital do Cazaquistão, em homenagem à memória das vítimas de todos os testes de armas nucleares, a cerca de 4.365 quilômetros (2.713 milhas), a Coreia do Norte disparou um míssil balístico de alcance intermediário que voou sobre o Japão. No mesmo dia, uma nova instalação foi inaugurada no Cazaquistão, sob os auspícios do organismo de vigilância nuclear da ONU, que poderia abrir um novo capítulo na não proliferação.